Conheça as vantagens e desvantagens da ferramenta WordPress

22/08/2019

Quer saber se vale a pena hospedar seu domínio no WordPress? Conheça mais sobre essa plataforma, nesse post. 

Saiba os temas que serão tratados neste artigo:

  • Saiba o que significa uma plataforma CMS;
  • Conheça melhor a plataforma;
  • Conheça as vantagens de investir na ferramenta;
  • Descubra as desvantagens de usar o sistema.

 

Você está criando um site? Então já deve ter lido ou ouvido falar sobre o WordPress, não é?  Essa plataforma CMS é a mais popular do mundo e por isso é tão citada entre publishers.

Sabendo que criar conteúdos online não é algo fácil e a conquista de autoridade no nicho leva tempo, antes de escolher onde hospedar seu site, é necessário analisar as opções, e por isso, nesse artigo iremos falar um pouco sobre a plataforma CMS, WordPress.

Mas afinal, o que significa CMS? Confira no próximo tópico.

 

Saiba o que significa uma plataforma CMS

O termo CMS significa Content Management System, passando para o português, Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Ou seja, é um software livre aberto que tem como intuito ajudar e tornar mais prática a rotina de um publisher, que é criar, editar e postar conteúdos online.

Sites que utilizam CMS para hospedagem, oferecem uma praticidade muito maior aos usuários, justamente por não precisar de nenhum outro software para ser atualizado, e por isso, não precisa ser um gênio em informática para utilizá-lo, tornando esse sistema livre cada vez mais popular.

Quando falamos sobre o sistema de gerenciamento de conteúdo não estamos citando apenas o nicho de blogs, e sim, portais de qualquer segmento, como por exemplo, a hospedagem de sites de empresas de qualquer tamanho, e-commerce, etc.

Nesse artigo você irá entender melhor sobre uma plataforma CMS específica, confira no próximo tópico.

 

Conheça melhor a plataforma

Criado em 2003 e desenvolvido por dois profissionais da área, Matt Mullenweg e Mike Little, o WordPress sucedeu um programa já existente, o b2/cafelog.

Em 2004 foi lançado a sua versão 1.0 que oferecia aos publishers, a possibilidade de criar sua própria URL amigável. A partir daí, o moderador poderia começar a configuração e aprovação de comentários de usuários antes se serem postados no blog.

O WordPress está em constante evolução, e por isso, sua última versão é bem diferente da inicial. Hoje, na sua atual versão, a plataforma é baseada em PHP e MySQL, e sua licença é sob a GPLv2.

“A plataforma WordPress é utilizada por mais de 34% de todos os sites da internet.” – Página WordPress

Como os outros CMS, a plataforma oferece suas vantagens e desvantagens, descubra quais são nos próximos tópicos.

 

Conheça as vantagens de investir na ferramenta

O WordPress não se tornou do tamanho que é hoje sem oferecer benefícios para os usuários, conheça alguns deles:

  • Economia: O WordPress é um sistema open source, ou seja, código aberto, que significa que o usuário não terá custos para fazer download e utilizar a ferramenta. 

A plataforma também oferece plugins e layouts gratuitos. Então, os únicos gastos obrigatórios que o administrador da página terá, são com a compra do domínio e a hospedagem do site.

  • Praticidade: Para utilizar a plataforma não é preciso grandes conhecimentos em tecnologia, pois ela não exige que sejam feitas configurações avançadas, ao contrário de muitos CMS.

Essa facilidade também baixa os custos de todo o processo de criação do site, pois não é preciso contratar grandes desenvolvedores e designers.

  • Rapidez: Em questão de minutos o usuário pode deixar seu site online. Após realizar a compra do domínio e adquirir a hospedagem, resta só mais dois passos, escolher o tema e o layout que mais se adequa com o segmento escolhido e subir o conteúdo.

Então, com poucos cliques o moderador pode deixar sua página no ar, lembrando também que a atualização do mesmo pode ser feita em um só clique.

  • Personalize o layout: Independentemente do segmento escolhido, criar um design incrível para o seu site não é difícil. O WordPress oferece uma série de opções de mockups gratuitos, em diferentes temas, como por exemplo: geek, tecnologia, gastronomia, educacional, fofoca e até para e-commerces. Além disso, é possível encontrar diversos layouts criativos na internet, que podem ser editados e personalizados da forma que preferir.

  • Funcionalidades: Além do básico, o CMS mais conhecido no mundo oferece diversos recursos, como uma série de opções de plugins disponíveis para serem utilizados. Entre eles estão as funcionalidades de: organizar eventos, SEO, calendário, formulários, e-mails, etc.

  • Acessibilidade: Outro ponto positivo que torna essa plataforma tão querida entre publishers, é que é possível acessar as configurações de sua conta em outros dispositivos que não sejam um computador. 

Como por exemplo, a ferramenta oferece compatibilidade com aparelhos mobile, por onde pode ser feito diversas funções, como postar conteúdos novos, editá-los e até mexer com o layout da página.

 

Descubra as desvantagens de usar o sistema

Apesar de ser o CMS mais recomendado entre publishers, como tudo, o sistema de gerenciamento de conteúdo também possui suas adversidades, e é importante que elas sejam levadas em consideração antes de decidir trabalhar com a ferramenta.

Confira abaixo algumas de suas desvantagens:

  • Segurança: A popularidade da ferramenta não chama atenção apenas de novos usuários, ela também atrai spammers e hackers, e justamente por isso, está sempre sujeita a ataques onlines.

É importante fazer o máximo para evitar esses ataques em seu domínio. Mas como? É preciso reforçar sua atenção nessa parte. Utilize senhas seguras, para não facilitar o processo do hacker, preste atenção nos plugins e temas que são adicionados no site e, mantenha sempre sua plataforma atualizada.

  • Atualizações: Para evitar invasões, é preciso manter seu site sempre atualizado, principalmente se você tiver um número razoável de plugins adicionados, e esse é um trabalho frequente.

O sistema costuma lançar atualizações com frequência, e por isso, para obter sucesso com o seu conteúdo online, é necessário que ele seja revisado diariamente pelos moderadores da página

  • Gastos com plugins: Apesar de existir plugins gratuitos, com o tempo, se você sua intenção for expandir e tornar sua página cada vez mais profissional, é preciso adicionar extensões pagas. Os valores delas variam de acordo com sua complexibilidade, porém costumam ser valores altos e pagos em dólares. 

Em um artigo, o blog da Kisnta, fez algumas comparações relevantes de variação do preços de alguns plugins – Comparação dos 9 Melhores Plugins WordPress de Tabela de Preços.

Depois de conhecer melhor as vantagens e as desvantagens o sistema de gerenciamento de conteúdo, fica mais fácil de ver se ele atende suas necessidades.

 

Gostou do artigo? Conheça nosso blog.

Nos acompanhe pelas redes sociais  Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin. Compartilhe nossos posts! 

Compartilhe: